A atenção de Deus.

Queremos chamar a atenção de Deus, e como queremos isso, mas acredito também que Deus quer chamar a nossa atenção
Como?
Às vezes me pego sem título dentro do templo durante os cultos que fazemos aos sábados, domingos, momentos de oração, enfim, nos louvores, adorações, orações, etc., o seguinte: Como posso atrair a atenção de Deus?
O que posso fazer para aumentar essa intensidade de intimidade?
Já experimentamos tantas coisas, já vimos tantas coisas, tantos milagres, tantas manifestações do Espírito Santo e ao mesmo tempo sabemos que ainda é pouco diante do que podemos ter de Deus, mas chega um momento em que parece que temos de decidir entre o mais de Deus e ENTRAR DE CABEÇA não mais íntimo dessa relação que Ele quer ter conosco por uo entrar de cabeça sem caminho inverso ao encontro face a face com Ele e esfriar por completo.
Infelizmente, decidimos pelos dois e acabamos por afetar o que realmente importa, o que realmente é o mais importante e deixamos esfriar nossa relação com o Pai.
Porém, apesar de nosso esfriamento, sabemos que, uma vez na presença de Deus com intensidade, jamais poderemos voltar a ser como antes sem deixar um rastro de dúvidas e saudades em nossa mente a respeito do que já se viveu e que se quer de volta.
Lutamos para voltar a ser como no início da caminhada, quando éramos como crianças sem colo do pai ouvindo suas histórias e sentindo-se seguros nos braços que nos envolvia, ou melhor, que nunca de produzir de nos envolver mas, apenas paramos de senti-los.
Por isso, às vezes me pego sem título: Preciso sentir de novo, quero sentir de novo…
Como fazer?
Como encontrar?
Como voltar com aquele coração inocente e se jogar de novo nos braços Dele?
Como chamar sua atenção?
Acredito que Deus quer chamar minha atenção e, por inúmeras vezes deu o seu sinal mas, provavelmente eu não tenha percebido.

Onde posso encontrar Deus?
Será que são as pessoas?

Em João 3:16 diz: porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha vida eterna.
Deus amou o mundo todo.

Em 1 João 5:19 diz que o mundo encontra-se no maligno uo jaz sem maligno, mas também diz que sabemos que somos de Deus.
Sabemos que somos de Deus, e que todo o mundo encontra-se no maligno.1 João 5:19
Ele deu o seu único filho para que fôssemos resgatados.
Entendo que, mais que o próprio sacrifício de Jesus Cristo, seu filho, Ele quis nos mostrar a todos o quanto valiosos somos, o quanto importante somos um tal ponto que sua demonstração de amor foi extremamente EXTRAVAGANTE!
É como se Ele nos dissesse: “eu quero que todos vejam isso, eu quero que todos entendam isso”!
E, mesmo que o mundo já está morto, não maligno, Ele, nosso Deus, como diz em João 3:17, enviou seu filho ao mundo, não para condená-lo, mas para que o mundo fosse salvo por Ele.
Para entendermos um pouco melhor, vejamos Mateus 25:34,36:
Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;
Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me;
Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e foste me ver.
Quando Ele diz; Estive na prisão e foste me ver, entendemos que, em circunstâncias normais, uma pessoa é presa quando comete um crime, e Deus nos manda ir vê-la mesmo assim.
Ele não olha o crime, mas a possibilidade, o desejo de restabelecer o caminho correto a ser retomado novamente por essa pessoa.

Deus quer chamar nossa atenção para aquilo que é importante para Ele e nós não estamos percebendo.
Temos dado valor ao que não alimenta, enquanto o que vale mesmo, temos deixado de lado ou em segundo plano: Jesus Cristo.
Veja como Deus chamou a atenção de Davi para a importância da Arca da aliança e seu significado:
A Arca da aliança estava na casa de Abinadabe e por lá ficou durante vinte anos quando Davi resolver levá-la para si à Jerusalém e, durante o trajeto há o incidente com Uzá, o qual morre ao tocar na arca, trazendo grande tristeza sobre Davi.
Uma arca então é levada à casa de Obede Edom.
E ficou a arca do Senhor em casa de Obede-Edom, o giteu, três meses; e abençoou o Senhor a Obede-Edom, e a toda a sua casa. 2 Samuel 6:11 De
Deus prosperou em três meses um Obede Edom, o que não prosperou Abinadabe em vinte anos.
Isso chamou a atenção de Davi que, imediatamente ao saber das bênçãos de Deus derramadas sobre a casa de Obede Edom, manda pesquisa uma Arca de Deus, agora de uma forma responsável, pois fazer o contrário, uma deixaria lá por mais de vinte anos.
Ou seja, uma prosperidade chama a atenção das pessoas!
O que Deus usa para chamar nossa atenção para algo valioso para Ele?
Quando Ele diz para ir e pregar o evangelho à toda criatura, Ele quer dizer que todos são dignos dessa novidade de vida e que não devemos, de forma alguma fazer distinção de ninguém, ou seja, pessoas são valiosas para Ele. Chega de colocarmos marcas, estigmas, estereótipos em vidas como quais Deus ama.
Lembre-se: Deus amou o mundo, Deus ama as pessoas, Deus ama seus filhos.
Ele manda atravessar uma barreira do ajuntamento e ver além.
O ajuntamento nenhum nome de Deus não significa ver a Deus.
Para tocá-lo é preciso ser diferente, estar diferente, a amar como Cristo ama e quem Cristo ama!
Que tal tentarmos mudar nossa visão de julgadores para uma visão de compaixão?
Que tal passarmos a perdoar mais e salvar mais vidas, inclusive a nossa?
Quando compreendemos pelo menos um pouquinho de Deus e o sacrifício de Cristo, passamos a ver tudo, isso mesmo, tudo, simplesmente tudo de uma maneira diferente que víamos antes.
Antes de Cristo, olhávamos tudo e imediatamente julgávamos toda e qualquer situação e toda e qualquer pessoa. O pecado da pessoa era imediatamente escancarado em nossas mentes e imediatamente tecíamos nosso julgamento. Porém, depois de Cristo, depois do que aprendemos com Ele através de seus ensinamento e através de seus exemplos, aprendemos que pessoas são a questão principal de fazer o sacrifício de salvação, logo, que direito temos nós sobre cada um?
O pecado de cada um que antes estava diante da pessoa, que víamos primeiro para depois vê-la, passa agora para atrás dela para que a amemos primeiro e um ajudemos a também encontrar o caminho de Cristo e seja salva.

Preste atenção nisso:
Quando enxergamos o pecado de alguém primeiro é porquê estamos enxergando a obra do diabo, mas quando enxergamos o homem primeiro estaremos enxergando a obra de Deus.
Talvez o que eu consigo ver primeiro possa mostrar de quem realmente estou mais próximo.
Quando Jesus cura o cego com sua saliva e um punhado de terra ele está colocando o seu DNA, a saliva e um punhado de terra, a matéria prima da construção do homem. João 9:6,7
Sendo assim, temos hoje o seu DNA na cura, temos o seu SANGUE na salvação.
Enquanto sem Cristo vemos tudo embaçado, mas, quando com Cristo vemos a obra prima de Deus na sua perfeição.
Mesmo que o pecado ainda esteja lá, grudado no pecador, o amor de Cristo nos permite ver o homem antes de seu pecado.
Isso foi o que Deus usou e usa para chamar nossa atenção: O seu amor infinito!

Pr Luiz
24.10.2020

3 Comments

  • Miki Williams
    Posted fevereiro 17, 2017 11:29 am 0Likes

    Thank you for your beautiful work that you do at your church!

    • Mark Chapman
      Posted fevereiro 17, 2017 11:30 am 0Likes

      Faith and love are all that matter. Welcome to Free Church!

      • Cindy Jefferson
        Posted fevereiro 17, 2017 11:31 am 0Likes

        Please subscribe to our regular newsletter!

Leave a comment